Descubra como conseguir registro na ANTT

Você sabe como conseguir o registro na ANTT? A Agência Nacional de Transportes Terrestres ou, simplesmente, ANTT é uma autarquia federal responsável por regular o transporte de cargas e passageiros pelas rodovias do país. Todas as empresas e profissionais que prestam o serviço de forma remunerada devem, obrigatoriamente, realizar cadastro junto à instituição para cruzarem trechos interestaduais.

Ao cumprir os protocolos, o profissional do transporte recebe o Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Carga (RNTRC). Dessa forma, ficará apto para exercer sua atividade – Lei 10.233 de 2001. Quer saber como isso é possível? Continue a leitura e confira!

Registro na ANTT para quê?

Em primeiro lugar, a prática cumpre o que a legislação estipula. Além disso, trata-se de um ato de fiscalização para que o transporte de cargas aconteça de forma adequada, sem contrapor o interesse público. Se um caminhão exceder o peso permitido, por exemplo, há prejuízo à segurança da população, do motorista (devido ao comprometimento da frenagem) e maior deterioração das rodovias. Portanto, a ANTT ocupa-se de verificar o cumprimento de normas de segurança e da aplicação de penalidades, como multas, em casos de irregularidades.

O RNTRC é importante porque é por meio dele que o órgão terá dados do transportador, tais quais as informações sobre a transportadora, seus trabalhadores e sua frota. Cabe ressaltar que a atuação fiscalizadora da ANTT acontece apenas em rodovias federais (não em municípios e estaduais).

Como conseguir o registro da ANTT?

São necessários três passos. Inicialmente, você deve fazer um cadastro com informações sobre a empresa, os veículos e as pessoas que executam o trabalho. Basta que o transportador ou representante da empresa compareça em um dos pontos de atendimento credenciados pela ANTT para completar o processo.

Ao completar a etapa, você receberá adesivos que serão usados na identificação visual dos veículos credenciados. A última fase consiste na aplicação, pelos profissionais da ANTT, de etiquetas com dispositivos eletrônicos no para-brisa dos caminhões. Essas tags são reconhecidas nas estradas por antenas de fiscalização.

Existem três categorias de transportadores de cargas que podem pleitear registro junto ao órgão: Transportador Autônomo de Cargas (TAC), Empresa de Transporte Rodoviário de Cargas (ETC) e Cooperativa de Transporte Rodoviário de Cargas (CTC). A ANTT exige documentação específica de cada uma.

TAC

CNH;

CPF;

RG;

CRLV vigente de todos os veículos;

Comprovante de formação específica ou de experiência no serviço;

Informações sobre a TARA de cada caminhão (soma do peso completo do veículo combustível, ferramentas, acessórios, roda sobressalente, extintor de incêndio, fluido de arrefecimento).

ETC

Toda documentação exigida para o TAC;

Contrato Social da empresa com eventuais alterações;

CNPJ da organização.

CTC

Toda documentação exigida para o TAC.

Estatuto Social com eventuais alterações;

CNPJ da cooperativa;

Ata de eleição da diretoria;

Matrícula ou certidão de sócio dos cooperados.

Agora você já sabe como conseguir registro na ANTT para realizar o serviço de transporte de cargas remunerado. Não é nada complicado. Ao seguir os passos mencionados no tópico anterior, portanto com toda documentação exigida, rapidamente você estará em dia com a lei.

Gostou do post de hoje? Então, continue acompanhando nosso blog, siga-nos nas redes sociais e fique por dentro de mais conteúdos como este.

Entre em contato conosco 📞 (35) 3421-4657 ou 📲 (35) 99903-4786 e conheça nossas soluções em logística.
Compartilhe

Deixe um comentário