O que é programa de incentivo de armazéns?

A sua empresa conta com um programa de incentivo em armazéns? Não? Talvez seja o momento de considerar a implementação do processo se quiser alcançar melhorias operacionais. A seguir, mostraremos o que é a atividade, quais as vantagens ela traz e o que considerar na hora de aplicá-la. Ficou interessado? Então, continue com a gente!

Programa de incentivo em armazéns para quê?

Um programa de incentivo em armazéns é uma boa prática adotada pelas empresas que compartilham do objetivo de melhorar sua operação. Como benefícios diretos da ação, podemos destacar a diminuição de danos aos produtos armazenados e aos equipamentos, a redução de falhas operacionais, a minimização de marcação equivocada em inventários, entre outros erros prejudiciais ao negócio.

De modo geral, os programas de incentivo não são novidade. Eles podem ser criados com finalidades diversas, sendo fixos ou pontuais. Basta querer aumentar a satisfação dos funcionários e a qualidade do serviço. Eles funcionam como uma dose de motivação que faz com que a equipe dê um gás a mais para ser recompensada.

Muitas profissões, vendedores por exemplo, tem sua carreira baseada em incentivos, principalmente as comissões. No entanto, na área logística, especificamente, as iniciativas desse tipo são raras. Hoje, com esse conteúdo, queremos ressaltar os benefícios da ação, mostrando que não existem restrições de aplicação em nenhuma área, incluindo os armazéns. Todos podem aproveitar as vantagens proporcionadas. No tópico seguinte, você vai aprender como o programa de incentivo em armazéns pode ser aplicado. Vamos lá?

Como aplicar o programa de incentivo em armazéns?

Em primeiro lugar, é importante estabelecer que os incentivos financeiros não são a única maneira de estimular seus funcionários. Você pode definir como prêmios: folgas, almoços especiais, vale presente, prioridade na escolha do turno e até mesmo estabelecer o programa como critério de promoção por meritocracia.

Na hora de estabelecer o que será considerado como critério do programa de incentivo em armazéns, seja realista. Nada de colocar metas fáceis demais ou impossíveis de serem alcançadas. É importante equilibrar indicadores totalmente mensuráveis, dosando a complexidade deles. É possível avaliar assiduidade, atribuição de erros, contribuição com ideias para solução de problemas e produtividade.

Mas seja coerente. Priorize um foco em cada ciclo, tomando cuidado para não estipular objetivos conflitantes, como aumento da produtividade com a diminuição de erros de conferência (que demandaria mais tempo de dedicação). Também é necessário ser justo com toda equipe. Ao definir os critérios de incentivo, avalie se todos os times terão iguais condições de alcançá-los.

Publique os resultados em local visível para todos. Ser transparente é parte do sucesso da prática. Os funcionários que não forem recompensados entenderão que o desempenho atual deles está um pouco abaixo do que foi valorizado, podendo receber o feedback e buscar o aprimoramento. Além disso, vale lembrar que as metas são flexíveis e podem mudar de tempos em tempos, conforme as necessidades do empreendimento.

Agora, temos certeza que você já sabe tudo sobre o programa de incentivos em armazéns e está pronto para aplicá-lo em sua empresa.

Gostou do post de hoje? Então, continue acompanhando nosso blog, siga-nos nas redes sociais e fique por dentro de mais conteúdos como este.

Entre em contato conosco 📞 (35) 3421-4657 ou 📲 (35) 99903-4786 e conheça nossas soluções em logística.

Compartilhe

Deixe um comentário